Menu

Rudolfo Quintas

Foco Galeria Rudolfo Quintas

Vista da exposição News Feed na galeria Foco, 2019

Foco Galeria Rudolfo Quintas

Vista da exposição News Feed na galeria Foco, 2019

Foco Galeria Rudolfo Quintas

Vista da exposição News Feed na galeria Foco, 2019

Foco Galeria Rudolfo Quintas

Vista da exposição News Feed na galeria Foco, 2019

Foco Galeria Rudolfo Quintas

Vista da exposição News Feed na galeria Foco, 2019

Foco Galeria Rudolfo Quintas

Vista da exposição News Feed na galeria Foco, 2019

Foco Galeria Rudolfo Quintas

Vista da exposição News Feed na galeria Foco, 2019

Foco Galeria Rudolfo Quintas

Temp Studio – Edição #3 Residência Artística, 2018

Foco Galeria Rudolfo Quintas

Temp Studio – Edição #3 Residência Artística, 2018

Rudolfo Quintas (Porto, 1980) é um artista português que trabalha com artes digitais e novos media. Cria instalações, esculturas e performances de mapeamento de dados, usando técnicas interativas, generativas, de visualização de dados e inteligência artificial. Num diálogo contínuo entre design, ciência e a tecnologia, o trabalho de Quintas transforma o invisível em novas formas de percepção através de elementos simples da natureza como o ar (em Swap 2005), o fogo ( em Burning The Sound 2007), o movimento (Darkless 2016) ou a biologia celular (em Absorption 2015). Os seus projectos oscilam entre o indivíduo e o coletivo, tendo explorado extensivamente processos de feedback cognitivo, envolvendo a auto-exploração do público em instalações de arte participativas como em Overlap (2003), Displacement (2004), Things to Burn (2008) ou Black Hole ( 2018). Recentemente, Quintas elevou esses processos de feedback a uma escala maior, retratando a sociedade por meio de visualizações de big data, como nos projectos News Feed (2019) ou Keystones I, II, III, IV (2019) explorando a consciência não- humana e o comportamento social. Tem exposto em galerias, espaços culturais e festivais de arte, entre eles o festival Transmediale / CTM (Berlim), a Fundação “La Caixa “(Barcelona), La Casa Encendida (Madrid), Santralistanbul (Istambul), festival Pixelache museu Kiasma (Helsínquia). No seu país de origem, Portugal, Quintas apresentou obras no centro cultural Convento de São Francisco em Coimbra (2018), no festival Index of Art and Technology em Braga (2019), na galeria FOCO em Lisboa (2019), e no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado (2019). O trabalho desenvolvido mereceu distinções entre os quais o Transmediale Distinction Award (2009, Berlin), foi finalista no Sonae Media Art Award (2019)